Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/padreafonso/www/wp-includes/functions.php on line 3888

Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/padreafonso/www/wp-includes/functions.php on line 3888
“Superar a violência não é apenas denunciar”, afirma secretário da Justiça - Padre Afonso
Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/padreafonso/www/wp-includes/functions.php on line 3888

Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/padreafonso/www/wp-includes/functions.php on line 3888

“Superar a violência não é apenas denunciar”, afirma secretário da Justiça


Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/padreafonso/www/wp-includes/functions.php on line 3888

A Assembleia Legislativa de São Paulo sediou nesta terça-feira, dia 20, o ato de lançamento do texto-base da Campanha da Fraternidade de 2018 – cujo tema é “Fraternidade e Superação da Violência” – organizado pelo deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV).

Padre Afonso abriu o encontro lembrando que há vários anos vem promovendo esse momento de reflexão no parlamento, como forma de “colocar as temáticas na pauta da Casa”. “Estamos assistindo à situação do Rio de Janeiro, que é extrema, mas e em outras cidades a situação da violência é a mesma”, disse, referindo-se ao tema.

O coordenador estadual da CF 2018 e representante da CNBB, Padre Antonio Carlos Frizzo iniciou o debate citando diversos tópicos como a violência contra os jovens, as mulheres e a violência doméstica, o tráfico de seres humanos, os crimes raciais e religiosos e outras situações.

Em 2011, segundo ele, de 41.000 mortes registradas no país, 52% eram jovens. “A maioria negra e da periferia”, destacou. Acrescentou ainda que em 2013, o Brasil ocupava o 5º lugar entre os países mais violentos do Mundo.

“O texto faz um diagnóstico preciso das mazelas que envolvem a sociedade civil e o Estado e que alimentam uma situação de injustiça, expondo os vulneráveis a todos os tipos de violência”, disse o secretário de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania, Márcio Elias Rosa.

Segundo ele, “superar a violência, não é apenas denunciar”. Rosa referiu-se à corrupção como “uma das mais terríveis mazelas brasileiras, que alimenta a violência”.

Também estavam presentes à mesa, além de outros parlamentares da Casa, o defensor público Rafael Pitanga Guedes, e o diretor do Instituto “Sou da Paz”, Ivan Marques, que igualmente abordaram a temática da CF 2018, sob vários aspectos.

Padre Afonso destacou em sua fala final, a importância de se cultivar “a cultura da paz e da não violência” e sobre qual deve ser o papel dos cristãos na superação da violência. “Não somos cristãos apenas para ir à Igreja. Temos que ir ao Mundo para transformar a realidade”, disse.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/padreafonso/www/wp-includes/functions.php on line 3778

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/padreafonso/www/wp-includes/functions.php on line 3778

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/padreafonso/www/wp-content/plugins/http-https-remover/http-https-remover.php on line 54