Padre Afonso pede mais efetivo para a polícia civil de Tremembé

O deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV), acompanhado do prefeito de Tremembé, Marcelo Vaqueli, e do Padre Edgar Delben, da Paróquia Jesus Ressuscitado, também naquela cidade, se reuniu nesta terça-feira, dia 01/08, com o delegado geral da Polícia Civil do Estado de São Paulo, Paulo Bicudo, para reivindicar mais efetivo para a delegacia local.

“O Padre Edgar nos procurou para relatar sua preocupação com o crescimento da criminalidade nos bairros Maracaibo e adjacências, sua área de atuação. Visitamos a delegacia de polícia e constatamos que há falta de pelo menos quatro funcionários, principalmente investigadores”, disse.

Essa situação, segundo o deputado, tem preocupado os moradores pelo clima de insegurança. Na reunião, o delegado se comprometeu a realizar uma “força-tarefa” para normalizar a situação, enquanto não é possível suprir o déficit de pessoal.

Padre Afonso destaca que Tremembé, assim como outros municípios que sediam presídios vive uma situação diferenciada dos demais e precisam de mais atenção do Estado. “A demanda é alta e com a polícia desfalcada, quem sofre é a população”, disse.

DELEGACIA SECCIONAL

Outra reivindicação do deputado Padre Afonso, encaminhada ao secretário de Segurança Pública, se refere à situação precária de presos provisórios e menores de idade na Delegacia Seccional de Taubaté, localizada no antigo prédio da cadeia da avenida JK.

“Ali há uma cela que deveria ser de passagem, mas na qual os presos por pensão alimentícia que deveriam ser encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP), e menores detidos, que deveriam ir para a Fundação Casa, permanecem às vezes até por 90 dias”, afirmou.